DONI / Hall da Fama - Botafogo Futebol SA
DONI

Doniéber Alexander Marangon

22 de Outubro de 1979

Acesso em 2000 / Série A1
vice-campeonato paulista / 2001

Goleiro

Com poucos jogos, Doni se tornou ídolo e escreveu o nome na história do clube com conquistas

Agência Botafogo
imprensa@botafogofutebolsa.com.br

Doniéber Alexander Marangon pode soar estranho para muitos botafoguenses, mas quando pronunciamos apenas Doni se torna familiar e sinônimo de dois momentos marcantes do Tricolor: o acesso para a elite do futebol paulista em 2000 e o vice-campeonato em 2001 da Série A1.

Antes de escrever seu nome na história do Pantera, Doni teve que superar dificuldades que são impostas no dia a dia para todo jovem que sonha ser profissional.

Natural de Jundiaí, ele marcou um teste no Tricolor após procurar na lista telefônica o número do clube.

“Agendei o teste e fiquei treinando durante 15 dias até ser aprovado. Na oportunidade, tinha 18 anos e passei por muitas dificuldades na base, o que era normal naquela época. Consegui superar essas adversidades e cheguei ao elenco profissional no final de 1999”, contou Doni, que ganhou oportunidades quando menos esperava.

A primeira foi na segunda partida da final do Paulista da Série A2 em 2000. No ano seguinte, jogou contra Ponte Preta, Rio Branco e Portuguesa, pela primeira fase do Paulistão, além dos duelos contra o próprio time de Campinas, pelas semifinais, e diante do Corinthians na decisão do Estadual.

E ele deu a resposta positiva. Na Série A2, o Pantera foi campeão diante do São José. No Paulistão, defendeu pênaltis contra Ponte Preta e Rio Branco, fez defesas magníficas diante da Portuguesa, quando garantiu a classificação para a semifinal, e repetiu a dose contra o rival de Campinas na fase seguinte e na finalíssima.

“Minha estreia foi diante do São José com o Estádio Santa Cruz lotado. Na época, eu nem esperava jogar, já que tinha apenas 20 anos. No ano seguinte, tive oportunidades em jogos importantes e consegui me destacar. Meu momento mais marcante no clube foi a final da Série A2, além do vice-campeonato, que foi inesquecível”.

Logo depois do Paulistão, Doni se transferiu para o Corinthians, passou por grandes clubes do futebol europeu, como Roma e Liverpool, e também chegou à seleção brasileira. Ele foi campeão da Copa América em 2007 e esteve na Copa do Mundo de 2010.

Três anos depois, retornou ao Botafogo, mas foi impedido de jogar por conta de problemas de saúde.

“O Botafogo representa a minha vida, já que foi o clube que me projetou para o futebol. Sou muito grato e feliz por ter vestido essa camisa. Serei um eterno torcedor”.

  • Geraldão / Hall da Fama
  • SÓCRATES / Hall da Fama
  • Zé Mario / Hall da Fama
  • Raí / Hall da Fama
  • Boiadeiro / Hall da Fama
  • PC / Hall da Fama
  • Manoel / Hall da Fama
  • Aguilera / Hall da Fama
  • Paulo Egídio Bertollazzi / Hall da Fama
  • ANTONINHO / Hall da Fama
  • DICÃO / Hall da Fama
  • TIM / Hall da Fama
  • BALDOCHI / Hall da Fama
  • LUCAS / Hall da Fama
  • EURICO / Hall da Fama
  • CHIQUINHO / Hall da Fama
  • CARLUCCI / Hall da Fama
  • GALLO / Hall da Fama
  • CICINHO / Hall da Fama
  • JOÃO MOTOCA / Hall da Fama
  • LEANDRO / Hall da Fama
  • ZUÍNO / Hall da Fama
  • CARRAPATO / Hall da Fama
  • LUCIANO RATINHO / Hall da Fama
  • DONI / Hall da Fama
  • MACHADO / Hall da Fama
  • ARLINDO / Hall da Fama
  • LORICO / Hall da Fama
  • MÁRIO/ Hall da Fama
  • EM BREVE UM NOVO ÍDOLO 🙂

Seja um Botafanático

Siga os canais oficiais do Botafogo SA e junte-se à torcida do maior do interior

Parceiros