Moacir Júnior elogia atuação da equipe e reclama de pênalti inexistente para o América-MG - Botafogo Futebol SA

Notícias do Botafogo Orgulho de Ribeirão

janeiro 16 2021 0comment

Moacir Júnior elogia atuação da equipe e reclama de pênalti inexistente para o América-MG

Agência Botafogo
imprensa@botafogofutebolsa.com.br

O treinador Moacir Júnior lamentou o empate do Botafogo diante do líder América-MG por 1 a 1, nesta sexta-feira (15), na Arena Independência, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Na opinião do treinador, o Botafogo merecia conquistar a vitória e só não faturou os três pontos em razão do pênalti inexistente marcado pelo árbitro baiano Diego Pombo Lopez, aos 32 minutos do segundo tempo.

“Fizemos uma boa partida, mas infelizmente o árbitro marcou um pênalti inexistente. Ele tirou a possibilidade de subirmos uma posição na tabela e de aproximarmos do Náutico e do Figueirense”, afirmou o treinador, que ficou muito irritado com a atuação do árbitro baiano.

“Estou indignado. Jamais a comissão de arbitragem da CBF poderia escalar um árbitro baiano nesta partida sendo que o Vitória é um concorrente direto na luta contra o rebaixamento. Como o árbitro pode marcar um pênalti assim? Será que ele terá uma noite de sono tranquila”, indagou o comandante botafoguense.

Na entrevista, Moacir Júnior elogiou o comportamento da equipe, que abriu o placar com Victor Bolt, aos 33 minutos da etapa inicial após uma boa troca de passes, e criou outras oportunidades com Raniele, Jeferson e Ronald.

“Viemos com o pensamento de conquistar os três pontos e tivemos possibilidade. O time se comportou bem em campo, mas esse erro do árbitro atrapalhou nosso objetivo”, disse.

Com o empate, o Botafogo está na 19ª colocação com 34 pontos, contra 39 do Figueirense e Vitória, 15º e 16º colocados, respectivamente. O time baiano tem um jogo a menos do que o Tricolor.

“Temos que pensar jogo a jogo. Agora, o nosso foco é no duelo contra o CSA. Vamos continuar trabalhando e buscar a vitória contra o CSA”, completou.

Agora, o Pantera volta a campo para enfrentar o CSA na terça-feira (19), às 19h15, no Estádio Santa Cruz.