Hemerson Maria elogia time, cita importância do jogo contra o Atlético-GO e pede apoio do torcedor botafoguense - Botafogo Futebol SA

Notícias do Botafogo Orgulho de Ribeirão

outubro 15 2019 0comment

Hemerson Maria elogia time, cita importância do jogo contra o Atlético-GO e pede apoio do torcedor botafoguense

Luiz Cosenzo
luizcosenzo@botafogofutebolsa.com.br

O treinador Hemerson Maria elogiou a atuação da equipe botafoguense na vitória sobre o Guarani por 2 a 0, nesta segunda-feira (14), no estádio Brinco de Ouro da Princesa, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Os gols do triunfo tricolor foram marcados no segundo tempo pelo atacante Bruno Moraes e pelo meia-atacante Murilo.

“Temos que exaltar o comportamento da nossa equipe. Marcamos muito forte a saída de bola, bloqueamos as laterais do campo, o centro do campo. Tivemos volume de jogo. Fizemos um bom primeiro tempo, mas faltou acertar a jogada no último terço do campo. Na etapa complementar, fizemos um ritmo mais forte e criamos mais oportunidades. O placar poderia ser até um pouco mais elástico. Fizemos um grande jogo, mas podemos evoluir”, disse o treinador Hemerson Maria logo após a partida.

Na entrevista, o comandante botafoguense também citou a importância do duelo contra o Atlético-GO, rival direto na briga por uma vaga no G-4, marcado para esta quinta-feira (17), às 19h15, no estádio Santa Cruz.

Atualmente, o Botafogo ocupa a quinta colocação com 43 pontos, contra 48 do Atlético-GO, terceiro colocado.

“É um confronto direto. Ganhando do Atlético-GO, vamos ficar apenas dois pontos atrás de uma equipe que hoje ocupa a terceira colocação. O campeonato que parecia ter apenas uma vaga aberta pode ter duas caso a gente conquiste a vitória. É importantíssimo ganhar esses confrontos diretos”, afirmou o treinador.

Além do Atlético-GO, o Botafogo ainda enfrentará até o final do campeonato o CRB (fora), Coritiba (em casa), Oeste (fora), Bragantino (em casa), Sport (em casa), Londrina (fora), Cuiabá (em casa) e Paraná (fora).

“Não tenho essa moral toda para pedir, mas gostaria muito de contar com o apoio do torcedor botafoguense nesses cinco jogos que teremos em casa. Porém, precisamos que o torcedor tenha paciência porque serão partidas decididas nos detalhes. Precisamos dos gritos de apoio e tenho certeza que nosso torcedor será um grande parceiro nesta reta final”, disse.

“Estou há três meses no Botafogo e também tenho objetivos. Quero fazer história aqui com os jogadores, quero conquistar o acesso, quero vencer, ter o meu nome gritado pela torcida. Não viemos para fazer coisas erradas. Somos trabalhadores”, completou.