Com um a menos, Botafogo perde do Mirassol fora de casa - Botafogo Futebol SA

Notícias do Botafogo Orgulho de Ribeirão

agosto 14 2021 0comment

Com um a menos, Botafogo perde do Mirassol fora de casa

Agência Botafogo
imprensa@botafogofutebolsa.com.br

Com um jogador a menos desde os 33 minutos do primeiro tempo, o Botafogo perdeu do Mirassol por 1 a 0, neste sábado (14), no Estádio José Maria de Campos Maia, em Mirassol, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C.

Com o resultado, o Tricolor continua na quinta colocação com 19 pontos –um a menos do que Novorizontino e Ituano, terceiro e quarto colocados, que entraram em campo 11 vezes. Eles ainda jogam por essa rodada.

O Pantera volta a campo no próximo domingo (22), às 16h, quando enfrenta o Ypiranga-RS, no Estádio Santa Cruz. O time gaúcho é o líder da competição com 23 pontos –mesma pontuação do Criciúma, vice-líder. Os dois já jogaram na rodada.

O JOGO

O Botafogo entrou em campo com duas modificações em relação ao jogo anterior. Sem Gustavo Xuxa, suspenso, Argel escalou Victor Bolt e adiantou Emerson. Ele também promoveu o retorno de Neto Pessôa no lugar de Ariel.

Com essa formação, o Tricolor apostava na marcação forte e saída rápida para o contra-ataque. Quase a estratégia deu certo no primeiro minuto. Diego Guerra lançou Bruno Santos, que ganhou da defesa e bateu para defesa de Edson Mardden.

Já o Mirassol apostava nas jogadas pelas laterais e chegou três vezes na etapa inicial. Aos 18 minutos, Everton Heleno ficou com a sobra após cobrança lateral e chutou com perigo por cima do travessão. Everton Heleno ainda exigiu duas boas defesas do goleiro Igor Bohn em cobranças de falta.

A segunda cobrança ocorreu após falta comedida por Pará, que parou o contra-ataque adversário e foi expulso.

Com um a menos, o Pantera se posicionou mais no campo de defesa. Mesmo assim, quase abriu o placar com Neto Pessôa, que avançou em rápido contragolpe e mandou para fora.

Na etapa complementar, o Botafogo também criou a primeira oportunidade. Após cobrança de falta lateral, Neto Pessôa desviou e acertou a trave.

Já o Mirassol tentava propor o jogo, mas esbarra na boa marcação do sistema defensivo do Pantera. Porém, o adversário conseguiu chegar ao gol numa bola parada. Aos 29 minutos, Luizão completou na pequena após cobrança de escanteio.

Com a vantagem no placar e com um jogador a mais, o Mirassol valorizou a posse de bola. Já o Botafogo quase empatou em dois lances nós acréscimos. Na primeira tentativa, Walter foi travado pela defesa adversária. Na outra, John Everson tentou de fora da área e exigiu excelente defesa de Edson Mardden.

FICHA TÉCNICA
MIRASSOL X BOTAFOGO
LOCAL: Estádio José Maria de Campos Maia
DATA: 14 de agosto, sábado
HORÁRIO: 11h (de Brasília)
ÁRBITRO: Grazianni Maciel Rocha
ASSISTENTES: Wallace Muller Barros Santos e Guilherme Vargas Tavares
GOLS: Luizão, aos 29 minutos do segundo tempo (Mirassol)
CARTÕES AMARELOS: Argel, Rodrigo, Yan Victor, Victor Bolt, Fabão e Diego Guerra (Botafogo); Jeferson, Everton Heleno, Daniel, Rafael Silva e Eduardo Baptista (Mirassol)
CARTÃO VERMELHO: Pará (Botafogo)
BOTAFOGO: Igor Bohn; Rodrigo, Diego Guerra, Fabão e Pará; Victor Bolt (John Everson), Caetano (Djalma) e Emerson (Walter); Bruno Santos (Marlon), Rafael Marques (Martineli) e Neto Pessôa. Técnico: Argel Fuchs.
MIRASSOL: Edson Mardden; Jeferson, Luizão, Guilherme Paraíba e Foguinho (Bruno Xavier); Daniel, Neto Moura e Everton Heleno (Luiz Fernando); Murilo Oliveira (Rafael Silva), Giovani (Macena) e Mateusinho (Matheus Anderson) Técnico: Eduardo Baptista