Notícias do Botafogo Orgulho de Ribeirão

junho 19 2022 0comment

Com gol de Marcel no final do jogo, Botafogo vence o Vitória fora de casa e sobe na tabela

Agência Botafogo
imprensa@botafogofutebolsa.com.br

No dia do aniversário de 166 anos de Ribeirão Preto, o Botafogo, o Orgulho de Ribeirão, deu um grande presente para a cidade. Neste domingo (19), o Tricolor venceu o Vitória por 1 a 0, no Estádio Barradão, em Salvador, pela 11ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro.

O único gol do jogo foi marcado pelo zagueiro Marcel, aos 44 minutos do segundo tempo. Ele completou de cabeça um cruzamento do volante Tárik.

Com a vitória, o Pantera sobe para a 12ª colocação com 14 pontos —dois a menos do que o Volta Redonda, oitavo colocado e que tem dez jogos. Com 11 partidas, o Manaus está em sétimo lugar, com 17 pontos.

O triunfo foi o primeiro de Paulo Baier no comando do time. Antes, a equipe tinha empatado com o Criciúma e perdido para o Confiança-SE e Aparecidense-GO.

Agora, o Botafogo volta a campo para enfrentar o Manaus, no domingo (26), às 11h, no Estádio Santa Cruz, pela 12ª rodada.

O JOGO

Com o objetivo de conquistar a vitória, o treinador Paulo Baier escalou a equipe no 3-5-2. Assim, o sistema defensivo foi formado por Ericson, Diego Guerra e Marcel. Outra novidade foi o retorno do volante Tárik ao time titular. Já o ataque teve Lucas Delgado e Bruno Michel.

Com essa formação, o Botafogo marcava forte e tentava explorar o contra-ataque. Já o adversário adiantava sua linha ofensiva e tinha mais posse de bola. Assim, o time da casa assustou pela primeira vez com Rafinha, que chutou da intermediária e a bola passou raspando o travessão.

Com o passar do tempo, o Tricolor equilibrou as ações e chegou em três oportunidades. Aos 29 minutos, Bruno Michel tentou da intermediária e o goleiro Lucas Arcanjo espalmou.

Onze minutos depois, Gustavo Xuxa deu bom passe para Tárik, que tentou da meia lua para outra boa defesa do goleiro rival, que espalmou outra vez. Nos acréscimos, o Pantera construiu uma boa jogada até a bola chegar em Jean Victor, que cruzou rasteiro e a defesa fez o corte para escanteio.

No segundo tempo, o Botafogo criou uma grande chance. Aos 2 minutos, Fillipe Soutto recebeu dentro da grande área e chutou forte, mas a bola explodiu em Danilo Cardoso. Sete minutos depois, Bruno Michel puxou contra-ataque e enfiou para Gustavo Xuxa, que finalizou e Lucas Arcanjo espalmou para escanteio.

Após esse lance, o Vitória melhorou e equilibrou as ações. O time baiano teve boa oportunidade com Rafinha, mas Deivity defendeu com os pés. Luidy também tentou e acertou a rede pelo lado de fora.

Após os 30 minutos, o Tricolor melhorou. Paulo Baier tirou Tiago Reis e Matheus Carvalho nos lugares de Lucas Delgado e Ericson, que já estava de lateral direito. Com as mudanças, Guerra jogou pelo lado direito.

O Pantera passou a finalizar mais e abriu o placar aos 44 minutos. Após cobrança de escanteio e bate-rebate, Tárik ficou com a sobra e colocou na cabeça de Marcel, que mandou para as redes para fazer 1 a 0.

VITÓRIA X BOTAFOGO
LOCAL: Estádio Manoel Barradas, o Barradão, em Salvador
COMPETIÇÃO: 11ª Rodada Série C do Brasileiro
DATA: 19/06/2022
HORÁRIO: 17h
ÁRBITRO: Vinícius Gomes do Amaral (MG)
ASSISTENTES: Celso Luiz da Silva (MG) e Magno Arantes Lira (MG)
CARTÕES AMARELOS: Deivity (Botafogo), Tárik (Botafogo), João Lucas (Botafogo) e Lucas Delgado (Botafogo), Vidal (Botafogo); Dionísio (Vitória) e Danilo Cardoso (Vitória)
CARTÕES VERMELHOS:
GOLS: Marcel, aos 44 minutos do segundo tempo (Botafogo)
BOTAFOGO: Deivity; Ericson (Matheus Carvalho), Guerra e Marcel; Vidal (Matheus Santos), Tárik, Fillipe Soutto, Gustavo Xuxa (João Diogo) e Jean Victor; Lucas Delgado (Tiago Reis) e Bruno Michel (Dudu). Treinador: Paulo Baier.
VITÓRIA: Lucas Arcanjo; Iury (Luidy), Danilo Cardoso, Marco Antônio e Sánchez; Dionísio, Ruan Nascimento (Dinei), Alan Pedro e Gabriel Santiago (Alisson Santos); Rafinha e Rodrigão (Trellez). Treinador: Fabiano Soares