Com gol aos 43 minutos do 2º tempo, Botafogo vence a Ponte Preta no Santão - Botafogo Futebol SA

Notícias do Botafogo Orgulho de Ribeirão

dezembro 09 2020 0comment

Com gol aos 43 minutos do 2º tempo, Botafogo vence a Ponte Preta no Santão

Agência Botafogo
imprensa@botafogofutebolsa.com.br

Com um gol do atacante Wellington Tanque aos 43 minutos do segundo tempo, o Botafogo venceu a Ponte Preta por 2 a 1, nesta terça-feira (8), no Estádio Santa Cruz, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. 

O camisa nove marcou de cabeça após escanteio cobrado por Bady e desempatou a partida. Já o primeiro gol do Tricolor foi feito por Guilherme Romão, aos 9 minutos da etapa inicial, enquanto João Veras fez para a Ponte Preta, aos 20 minutos do segundo tempo.

Com a vitória, o Pantera chegou a 23 pontos e está na 19ª posição. 

Agora, o Botafogo volta a campo no domingo (13), às 18h15, quando enfrenta o Náutico novamente no Estádio Santa Cruz. 

O JOGO

Com o objetivo de buscar a primeira vitória no returno da competição, o treinador Moacir Júnior promoveu a estreia do volante Raniele e escalou o atacante Wesley Pionteck desde o início do jogo. 

Assim, o Botafogo começou criando duas boas oportunidades. Aos 2 minutos, Matheus Anjos cobrou falta da intermediária e o goleiro Ygor Vinhas espalmou para escanteio. Sete minutos depois, o camisa 10 bateu falta novamente, a bola sobrou para o lateral Guilherme Romão, que ganhou a dividida, cortou o defensor e encheu o pé de perna direita para fazer: 1 a 0. 

A Ponte Preta respondeu pouco depois, mas parou no goleiro Darley. Após cruzamento da esquerda do campo de ataque, Dawhan cabeceou e o camisa 89 defendeu com segurança. 

No segundo tempo, o Botafogo começou atacando assim como foi na etapa inicial. Logo no primeiro minuto, Matheus Anjos cobrou falta e Ygor Vinhas espalmou para escanteio. 

O time de Campinas reagiu. Aos 6 minutos, Luís Oyama finalizou de fora da área e assustou o goleiro Darley. Aos 18, Moisés desviou de cabeça e a bola passou rente a trave. Dois minutos depois, a Ponte chegou ao empate. Apodi cruzou e João Veras cabeceou forte para deixar tudo igual: 1 a 1.

O Botafogo não se abateu após o gol tomado. Moacir Júnior colocou Bady no lugar de Matheus Anjos e Ortega na vaga de Wesley. Aos 32 minutos, Val arriscou de fora da área e carimbou a trave. Na reta final do jogo, Bady cobrou escanteio na cabeça de Wellington Tanque, que mandou para a rede e marcou o gol da vitória do Pantera. 

BOTAFOGO X PONTE PRETA
LOCAL:
 Estádio Santa Cruz
DATA: 8 de dezembro, terça-feira
HORÁRIO: 19h15 (de Brasília)
ÁRBITRO: Rodrigo Carvalhaes de Miranda 
ASSISTENTES: Diogo Carvalho Silva e Andrea Izaura
CARTÕES AMARELOS: Val e Róbson (Botafogo); Ruan Renato (Ponte Preta)
CARTÃO VERMELHO:
GOLS: 
Guilherme Romão, aos 9 minutos do primeiro tempo (Botafogo); João Veras, aos 20 minutos do segundo tempo (Ponte Preta); Wellington Tanque, aos 43 minutos do segundo tempo (Botafogo)
BOTAFOGO: Darley; Val, Róbson, Maia e Romão; Jonata Machado, Raniele e Matheus Anjos (Bady); Wesley Pionteck (Cássio Ortega), Rafinha (Ronald) e Wellington Tanque (Judivan). Treinador: Moacir Júnior
PONTE PRETA: Ygor Vinhas; Léo Pereira (Moisés), Ruan Renato, Dawhan e Lazaroni; Dawhan (Luís Oyama), Neto Moura (Pedrinho), Camilo (Matheus Peixoto) e Guilherme Pato (Luan Dias); Apodi e João Veras. Treinador: Marcelo Oliveira