Com boa exibição, Botafogo vence o Guarani, quebra tabu e cola no G-4 - Botafogo Futebol SA

Notícias do Botafogo Orgulho de Ribeirão

outubro 15 2019 0comment

Com boa exibição, Botafogo vence o Guarani, quebra tabu e cola no G-4

Luiz Cosenzo
luizcosenzo@botafogofutebolsa.com.br

Com uma boa exibição, o Botafogo venceu o Guarani por 2 a 0, nesta segunda-feira (14), no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Os gols do triunfo foram marcados por Bruno Moraes e Murilo.

Com a vitória, o Tricolor pulou para a quinta colocação com 43 pontos —mesma pontuação do Coritiba, quarto colocado, que leva vantagem no saldo de gols (7 a 3).

O Pantera, no entanto, ainda pode ser ultrapassado pelo América-MG e Paraná, que somam 41 pontos.  O time mineiro recebe o Vila Nova, enquanto o Paraná também joga em casa contra o Brasil-RS.

De quebra, o Botafogo quebrou um tabu de 12 anos sem vencer o rival fora de casa. O último triunfo ocorreu em 6 de outubro de 2007, quando o Tricolor venceu por 3 a 2, pela Copa Paulista.

Na próxima rodada, o Botafogo volta a campo para enfrentar o Atlético-GO, rival direto na briga por uma vaga no G-4. O jogo será nesta quinta-feira (17), às 19h15, no estádio Santa Cruz.

O JOGO

Com o objetivo de buscar a recuperação, o Botafogo entrou em campo com duas mudanças em relação ao jogo anterior. O zagueiro Luiz Otávio, que cumpriu suspensão, entrou no lugar de Leandro Amaro, enquanto Bruno Moraes substituiu Rafael Costa.

Mesmo jogando fora de casa, o Tricolor controlou a partida. A equipe teve mais posse de bola e chegou três vezes com perigo na etapa inicial. Aos 3 minutos, após jogada ensaiada em cobrança de escanteio, Pablo finalizou e a bola bateu na defesa e saiu.

Dez minutos depois, Murilo cobrou falta e a bola passou rente à trave. A melhor oportunidade ocorreu aos 43 minutos, quando Marlon rolou para Dodo, que cruzou rasteiro em direção a pequena área, mas ninguém completou.

Já o Guarani chegou apenas aos 6 minutos em uma finalização de Michel Douglas que obrigou boa defesa de Darley.

No segundo tempo, o Botafogo manteve a postura e encurralou o adversário no campo de defesa. Logo aos 2 minutos, Dodo ficou com a sobra fora da área e emendou de primeira. A bola parecia que tinha endereço certo, mas o zagueiro Luiz Gustavo cortou.

Quatro minutos depois, Dodo fez boa jogada pela direita, foi no fundo e cruzou para a área, o Klever espalmou. A bola sobrou para Marlon Freitas, que finalizou  e exigiu outra defesa do goleiro do Guarani.

Na sequência, a jogada foi pela esquerda e a bola chegou em Bruno Moraes, que ajeitou na entrada da área para Marlon Freitas. O meio-campista finalizou, mas o chute foi novamente travado.

O Guarani ameaçou aos 15 minutos, quando Diego Giaretta cabeceou no travessão.

O Botafogo respondeu no minuto seguinte. Meritão foi lançado e obrigou o goleiro Klever fazer outra defesa. Dez minutos depois, Murilo cobrou escanteio na cabeça de Bruno Moraes, que desviou para outra defesa do goleiro rival.

Na outra oportunidade, o camisa nove não desperdiçou. Marlon Freitas cruzou e o atacante só escorou para o gol: 1 a 0.

Oito minutos, o Tricolor ampliou. Murilo cobrou falta com perfeição e acertou o ângulo para fazer 2 a 0 e fechar o placar.

FICHA TÉCNICA
GUARANI X BOTAFOGO
Local:
 estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas
Data: 14 de outubro, (segunda-feira)
Horário: 20h (de Brasília)
Árbitro: Douglas Marques das Flores (SP)
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP)
Cartões amarelos: Lucas Mendes, Julio Cesar e Meritão (Botafogo);
GOLS: Bruno Moraes, aos 29 minutos do segundo tempo, Murilo, aos 37 minutos do segundo tempo (Botafogo)
GUARANI: Klever; Lenon, Luiz Gustavo, Diego Giaretta e Thalysson; Bruno Silva (Marquinhos), Felipe Guedes, Ricardinho (Nando) e Lucas Crispin; Davó (Renan) e Michel Douglas. Treinador: Thiago Carpini.
BOTAFOGO: Darley; Lucas Mendes (Lucas), Luiz Otávio, Didi e Pará; Pablo, Marlon Freitas, Meritao (Willian Oliveira) e Murilo; Dodo e Bruno Moraes (Julio Cesar). Treinador: Hemerson Maria.