Com boa atuação e 3 gols de Jeferson, Botafogo vence a Chapecoense no Santão - Botafogo Futebol SA

Notícias do Botafogo Orgulho de Ribeirão

janeiro 10 2021 0comment

Com boa atuação e 3 gols de Jeferson, Botafogo vence a Chapecoense no Santão

Agência Botafogo
imprensa@botafogofutebolsa.com.br

Com uma boa exibição e três gols do lateral direito Jeferson, o Botafogo venceu a vice-líder Chapecoense por 3 a 0, neste sábado (9), no Estádio Santa Cruz, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. 

O camisa 39 abriu o placar aos 17 minutos do primeiro tempo após completar um cruzamento de Ronald. Dois minutos depois, ele aproveitou a sobra na pequena área e mandou para a rede. No segundo tempo, aos 14 minutos, o lateral/atacante aproveitou o rebote e fuzilou João Ricardo para marcar o terceiro.

Com o triunfo, o Pantera chega a 30 pontos –sete a menos do que o Vitória, o primeiro clube fora da zona de rebaixamento. 

O Botafogo volta a campo agora na terça-feira (12), quando enfrenta o Sampaio Corrêa, às 19h15, novamente no Santa Cruz.

O JOGO

O treinador Moacir Júnior escalou o Botafogo praticamente com a mesma formação do empate diante do Paraná na última segunda-feira. A única novidade foi a entrada do lateral/volante Val no meio de campo. Ele substituiu Ferreira. 

Com a obrigação de vencer, o Tricolor partiu para cima do adversário. Com cinco minutos de bola rolando, Romão e Val tentaram de fora da área e exigiram boas defesas do goleiro João Ricardo. 

A Chapecoense respondeu na sequência. Mike recebeu na meia-lua e colocou no canto. A bola passou raspando a trave. 

Logo depois, o Pantera abriu o placar. Aos 17 minutos, o atacante Ronald fintou o marcador e cruzou na cabeça de Jeferson, que subiu mais do que a marcação e mandou para a rede: 1 a 0. Dois minutos depois, Ronald driblou o defensor e rolou para Matheus Anjos, que finalizou errado. A bola sobrou para o camisa 39 empurrar para a rede de carrinho e fazer: 2 a 0. 

No minuto seguinte, Ronald tocou para Matheus Anjos, que colocou no canto e exigiu boa defesa de João Ricardo. 

Aos 30 minutos, a Chapecoense respondeu. Anselmo Ramon arrancou da intermediária e encheu o pé, mas Igor espalmou. O goleiro ainda se levantou e tirou da cabeça de Aylon. Nos acréscimos, Anselmo Ramon teve nova oportunidade e desperdiçou na pequena área mandando por cima do travessão.

No segundo tempo, o Botafogo manteve o ritmo. Logo no primeiro minuto, Val fez jogada individual e fuzilou para boa defesa de João Ricardo. Aos 14 minutos, o Tricolor ampliou. Romão cruzou da esquerda. A bola ficou com Matheus Anjos, que bateu e o goleiro rival espalmou. Na sobra, Jeferson encheu o pé e fez o terceiro.

Com a vitória parcial, o Tricolor controlou o jogo. Já a Chapecoense tentou diminuir e acertou uma cabeçada no travessão com Felipe Garcia.

LOCAL: Estádio Santa Cruz
DATA: 9 de janeiro, segunda-feira
HORÁRIO: 21h (de Brasília)
ÁRBITRO: Denis da Silva Ribeiro
ASSISTENTES: Esdras Mariano e Brigida Ferreira.
CARTÕES AMARELOS: Val, Bolt e Jeferson (Botafogo); Anselmo Ramon e Bruno Silva (Chapecoense)
CARTÃO VERMELHO:
GOLS:
 Jeferson, aos 17 minutos do primeiro tempo; Jeferson, aos 19 minutos do primeiro tempo; Jeferson, aos 14 minutos do segundo tempo (Botafogo).
BOTAFOGO: Igor Bohn; Raniele, Róbson, Walisson Maia e Guilherme Romão (Martineli); Victor Bolt, Val (Caetano) e Matheus Anjos (Bady); Jeferson (Ortega), Michel Douglas e Ronald (Dudu). Técnico: Moacir Júnior.  
CHAPECOENSE: João Ricardo; Ezequiel (Alan Santos), Derlan, Felipe Santana e Matheus; Willian Oliveira (Vini Locatelli), Anderson Leite e Denner; Mike (Felipe Garcia), Aylon (Bruno Silva) e Anselmo Ramon (Perotti). Treinador: Umberto Louzer