Botafogo se despede da Copa Paulista - Botafogo Futebol SA

Notícias do Botafogo Orgulho de Ribeirão

dezembro 03 2020 0comment

Botafogo se despede da Copa Paulista

Agência Botafogo
imprensa@botafogofutebolsa.com.br

A equipe de transição do Botafogo está fora da Copa Paulista. Nesta quinta-feira (3), o time perdeu para a Ferroviária por 1 a 0, no Estádio Santa Cruz, pela partida de volta das oitavas de final da Copa Paulista. 

Como foi derrotado no jogo de ida por 1 a 0, no domingo, em Araraquara, o Tricolor precisava vencer por dois gols de vantagem para avançar às quartas de final. Se o Pantera vencesse por um gol de diferença, o classificado seria definido nas cobranças de pênaltis. 

O Botafogo disputou a Copa Paulista com uma equipe de transição. A média de idade do time na maioria dos jogos foi de 20 anos. 

Na primeira fase, o Tricolor classificou com a sexta melhor campanha no geral. Foram duas vitórias, três empates e uma derrota, além de dois reveses contra a Ferroviária na segunda fase. 

O JOGO

A equipe de transição do Botafogo impôs um forte ritmo desde o início da partida e criou várias oportunidades de gol. Aos 10 minutos, Murilo Oliveira arrancou, invadiu a área, mas concluiu para fora. Três minutos depois, o Pantera envolveu o adversário com uma boa troca de passes e Dudu arriscou da intermediária para o goleiro Tom espalmar. 

No restante da etapa inicial, o Tricolor manteve o domínio, rondou a área adversária, mas tinha dificuldade para concluir. Quando conseguia finalizar parava no goleiro Tom. 

No segundo tempo, o Pantera manteve a superioridade e criou outras boas chances. Aos 19 minutos, Alan Dias recuperou uma bola na intermediária e finalizou para boa defesa do goleiro Tom. A equipe ainda teve um pênalti não assinalado pelo árbitro Matheus Delgado Candançan. 

A melhor oportunidade ocorreu aos 34 minutos, quando João Victor finalizou da entrada da área, a bola sobrou ainda para Alan Dias, que não conseguiu completar na pequena área e o goleiro Tom defendeu. 

Quando o Botafogo pressionava o rival em busca do gol que levaria a decisão para os pênaltis, a Ferroviária abriu o placar. Após cobrança de escanteio, Marcos Paulo cabeceou para a rede: 1 a 0. 

Os meninos do Tricolor ainda lutaram até o fim, mas não conseguiram a classificação. 

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO X FERROVIÁRIA
LOCAL:
 Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto
DATA: 3 de dezembro, quarta-feira
HORÁRIO: 15h (de Brasília)
ÁRBITRO:  Matheus Delgado Candançan
ASSISTENTES: Miguel Ribeiro da Costa e Fábio Rogério Baesteiro
CARTÕES AMARELOS: João Victor (Botafogo)
CARTÃO VERMELHO:
GOLS:
 Marcos Paulo, aos 38 minutos do segundo tempo (Ferroviária)
BOTAFOGO: Gustavo; João Victor, Alan Dias e Matheus; Marlon (Everson), Caetano (Rafael), Caio, Wesley (Arthur) e Layon (Dener); Murilo Oliveira (Edgar) e Dudu Hatamoto. Treinador: Moacir Júnior
FERROVIÁRIA: .Tom; Ednei, Fabão, Maurício e Cesar Morais; Ralph, Emerson Santos (Raphael), Ian Luccas; Velicka (Marcos Paulo), Jhoninha (Pedro Maranhão) e Gleyson (Luiz Felipe). Treinador: Márcio Griggio