Após empate, Gallo elogia superação dos atletas e acredita na evolução do time - Botafogo Futebol SA

Notícias do Botafogo Orgulho de Ribeirão

março 01 2021 0comment

Após empate, Gallo elogia superação dos atletas e acredita na evolução do time

Agência Botafogo
imprensa@botafogofutebolsa.com.br

Após o empate diante do São Paulo por 1 a 1, neste domingo (28), no Morumbi, pela primeira rodada do Campeonato Paulista, o treinador Alexandre Gallo elogiou a superação dos atletas em campo e afirmou que acredita numa evolução da equipe. 

O Pantera não contou com sete atletas diante do São Paulo. Destes, quatro só podem ser inscritos a partir desta segunda-feira (1º), quando abre a janela de transferências internacionais: o zagueiro Yan Victor, o lateral esquerdo Pará, o meio-campista Luan e o atacante Rafael Marques.

Outro desfalque foi o zagueiro Helder, que teve o contrato com o Palmeiras renovado para ser emprestado e não foi inscrito dentro do prazo para a primeira rodada –dia 22 de fevereiro. As outras duas ausências foram o zagueiro Victor Ramos e o meio-campista Renatinho, que aprimoram a parte física.

“Com vários desfalques, não tínhamos condições de jogar de igual para igual. O elenco se superou muito. Tanto é que no final da partida muita gente sentiu o cansaço. Não quero levar o mérito por esse resultado. O mérito é dos jogadores que compraram a ideia. O Botafogo sempre se caracterizou por essa força física e por jogar com muita determinação”, disse Alexandre Gallo durante a entrevista coletiva. 

“Com essas dificuldades em razão dos desfalques, trabalhamos por essa bola de contra-ataque. No primeiro tempo, tivemos uma possibilidade e não aproveitamos. Já no segundo conseguimos fazer e marcar o gol. Acredito que vamos melhorar a cada jogo”, acrescentou.   

Ele também comentou sobre a utilização dos meninos das categorias de base. Diante do São Paulo, Marlon começou como titular. No segundo tempo, o comandante botafoguense ainda colocou Tortello, João Pedro, Luketa e Dudu, que marcou o gol botafoguense. No banco, ainda ficou Arthur. 

“Eu sempre gostei de trabalhar e revelei muitos jogadores das categorias de base. O Botafogo tem esse espírito. Agora, depende de cada um aproveitar a oportunidade. A oportunidade acontece como foi hoje e cabe a base dar a resposta”, completou. 

O elenco botafoguense se reapresenta nesta segunda-feira no período da tarde e inicia a preparação para o duelo contra o Guarani, marcado para quinta-feira (4), às 16h45, no Estádio Santa Cruz, pela segunda rodada do Paulistão.