Com um jogador a menos, Botafogo sofre gol nos acréscimos e empata com o Oeste - Botafogo Futebol SA

Notícias do Botafogo Orgulho de Ribeirão

dezembro 24 2020 0comment

Com um jogador a menos, Botafogo sofre gol nos acréscimos e empata com o Oeste

Agência Botafogo
imprensa@botafogofutebolsa.com.br

Com um jogador a menos desde os 32 minutos do segundo tempo, o Botafogo empatou com o Oeste por 1 a 1, nesta quarta-feira (23), no Estádio Santa Cruz, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. 

O Tricolor abriu o placar com o lateral Jeferson, logo aos 3 minutos da etapa inicial. Aos 48 minutos do segundo tempo, o Pantera sofreu o empate após um cruzamento de Yuri. 

Com o resultado, o Botafogo chegou a 26 pontos –nove a menos do que o Náutico, primeiro clube fora da zona de rebaixamento. 

Agora, o Pantera volta a campo no dia 4 de janeiro, às 17h, quando enfrenta o Paraná Clube fora de casa. 

O JOGO

O Botafogo entrou em campo com três mudanças em relação ao time que foi derrotado pelo CRB no último domingo. A primeira mudança foi no gol. Moacir Júnior optou pela escalação de Igor Bohn na vaga de Darley. O comandante botafoguense ainda colocou Jonata no meio de campo e Judivan no setor ofensivo. Assim, o ataque botafoguense foi formado por Jeferson, Judivan e Wesley Pionteck.

E a mudança deu resultado. Logo aos 3 minutos, Matheus Anjos recebeu pela direita e cruzou rasteiro. A bola sobrou para Wesley Pionteck, que chutou mascado e Jeferson completou para a rede: 1 a 0. 

Logo após o gol, o Tricolor recuou e passou a jogar nos contra-ataques. Já o Oeste saiu mais para o jogo e assustou o Pantera. Aos 23 minutos, Betinho recuperou a bola no campo de defesa e enfiou para Fábio, que encheu o pé e exigiu boa defesa de Igor. Na sequência, Fabio cabeceou e a bola passou perto da trave. 

O Pantera conseguiu chegar com perigo aos 43 minutos, quando Romão entrou pelo meio e chutou de direita. O goleiro Glauco rebateu e Judivan, no rebote, mandou para fora. 

No segundo tempo, o Tricolor quase ampliou. Aos 3 minutos, Matheus Anjos cobrou falta e a bola passou raspando o travessão. 

Logo depois, o Oeste saiu para o jogo e passou a rondar a área botafoguense. Porém, o time de Barueri parava no sistema defensiva do Pantera, que bem postado cortava todas as tentativas. 

Aos 26 minutos, o Botafogo quase ampliou. Matheus Anjos ficou com a bola na entrada da grande área e colocou no ângulo. A bola saiu raspando o travessão. 

Seis minutos depois, o árbitro Vinicius Gonçalves Dias Araújo expulsou Val, que já tinha o cartão amarelo. 

Com um jogador a menos, o Botafogo se fechou na defesa. O Tricolor conseguiu segurar o resultado até os 48 minutos, quando Yuri tentou o cruzamento da intermediária, a bola passou e entrou no cantinho de Igor: 1 a 1. 

BOTAFOGO X OESTE
LOCAL:
 Estádio Santa Cruz
DATA: 23 de dezembro, quarta-feira
HORÁRIO: 19h15 (de Brasília)
ÁRBITRO: Vinícius Gonçalves Dias Araújo
ASSISTENTES: Daniel Luís Marques e Luiz Alberto Nogueira
CARTÕES AMARELOS: Val e Jordan (Botafogo); Vitão (Oeste)
CARTÃO VERMELHO: Val (Botafogo)
GOLS: Jeferson, aos 3 minutos do primeiro tempo (Botafogo); Yuri, aos 48 minutos do segundo tempo (Oeste)
BOTAFOGO: Igor Bohn; Raniele, Róbson, Jordan e Guilherme Romão; Jonata Machado, Val e Matheus Anjos (Walisson Maia); Jeferson (Victor Bolt), Judivan (Caio de Luna) e Wesley Pionteck (Ortega). Treinador: Moacir Júnior.  
OESTE: Glauco; Matheus Rocha, Victor Lisboa, Maurício (Éder Sciola) e Caetano (Rael); Yuri, Betinho (Bruno Alves), Bruno Lopes (Léo Ceará), Kauã (Luan) e Pedrinho; Fábio. Treinador: Roberto Cavalo